Traduzir Para...

Compra Premiada eletro mil melhor Impossível ,fone (99) 3538.1114, Acailandia, MA

Compra Premiada  eletro mil melhor Impossível  ,fone (99) 3538.1114, Acailandia, MA
Compra Premiada eletro mil melhor Impossível Av Des Tacito de Caldas 207 ,fone (99) 3538.1114, Acailandia, MA

Conheça as atribuições, direitos, deveres e verbas dos deputados

0 comentários

Estabelecidas na Constituição, as atribuições de deputados federais vão bem além de elaborar novas leis. Compete aos integrantes da Câmara dos Deputados, juntamente com os senadores, por exemplo, discutir e votar o Orçamento da União, assim como fiscalizar a aplicação adequada dos recursos públicos. É na discussão do Orçamento que os deputados apresentam emendas que destinam verbas para a realização de obras específicas em seus estados.

Relação com o Executivo
Os congressistas também têm a obrigação de controlar os atos do presidente da República. A Constituição estabelece ainda que somente a Câmara tem poderes para autorizar a instauração de processo contra o presidente e o vice-presidente do País. Compete também aos deputados federais eleger os integrantes do Conselho da República, órgão superior de consulta do presidente.

Os parlamentares podem convocar ministros de Estado para prestar informações, assim como para julgar as concessões de emissoras de rádio e televisão e a renovação desses contratos.

No que se refere às leis, deputados podem apresentar projetos de leis ordinárias e complementares, de decreto legislativo, de resolução e emendas à Constituição. Cabe a eles discutir e votar medidas provisórias editadas pelo Executivo. Poucas propostas são votadas no plenário: a maioria é decidida nas comissões temáticas da Casa.

Direitos específicos
Entre as prerrogativas do cargo de parlamentar, consta o direito de não ser preso, a não ser em flagrante de crime inafiançável. Deputados e senadores também são invioláveis por suas opiniões, palavras e votos, diz a Constituição. Da mesma forma, não são obrigados a testemunhar sobre informações recebidas ou prestadas em razão do mandato, nem sobre as pessoas que lhes passaram tais dados. Além disso, os parlamentares têm foro privilegiado (imunidade parlamentar) e os processos contra eles só podem ser julgados no Supremo Tribunal Federal (STF). A intenção dos constituintes ao conferir esses direitos aos integrantes do Legislativo foi assegurar a liberdade no exercício do mandato.

Deveres e proibições

O parlamentar não pode ser proprietário, controlador ou diretor de empresa que tenha contrato com pessoa jurídica de direito público. A violação desse princípio pode acarretar a perda do mandato.

Ainda pode perder a vaga na Câmara o deputado que faltar, sem justificativa, a um terço das sessões ordinárias de cada sessão legislativa ou sofrer condenação criminal em sentença transitada em julgado.

O Código de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara estabelece uma série de outras condutas passíveis de levar à perda do cargo. Receber vantagens indevidas em função da atividade, atrapalhar o andamento do trabalho legislativo ou fraudar resultado de votações estão entre elas.

Salário e cotas
Para exercer seus mandatos, os deputados têm direito a receber mensalmente, além do salário de R$ 26.723,13, outras verbas. São elas:

Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap): O valor depende do estado do deputado. Representantes do Distrito Federal ficam com a menor cota (R$ 23.033,13). Já Roraima tem o maior valor: R$ 34.258,50.

A cota pode ser usada para despesas com:
- passagens aéreas, telefonia e serviços postais (vedada a aquisição de selos),
- manutenção de escritórios de apoio à atividade parlamentar, compreendendo gastos com locação de imóveis, condomínio, IPTU, serviços de energia elétrica, água e esgoto, locação de móveis e equipamentos, material de escritório e informática, acesso à internet e TV a cabo e assinatura de publicações,
- hospedagem (exceto do parlamentar no Distrito Federal),
- locação ou fretamento de transporte (aeronave, embarcação e automóveis),
- combustíveis e lubrificantes até o limite de R$ 4.500 por mês,
- serviços de segurança prestados por empresa especializada até o limite de R$4.500 por mês,
- contratação de consultorias e trabalhos técnicos, permitidas pesquisas socioeconômicas, e
- divulgação da atividade parlamentar.

Verba destinada à contratação de pessoal: O valor, que hoje é de R$ 60 mil por mês, destina-se à contratação de até 25 secretários parlamentares (cuja lotação pode ser no gabinete ou no estado do deputado), que ocupam cargos comissionados de livre provimento. A remuneração do secretariado deve ficar entre R$ 601 e R$ 8.040.

Auxílio-moradia: R$ 3 mil, concedidos aos parlamentares que não moram em residências funcionais em Brasília.

Despesas com saúde: O deputado tem todas despesas hospitalares relativas a internação em qualquer hospital do País integralmente ressarcidas. Além disso, se quiser, ele poderá aderir ao plano de saúde dos funcionários da Câmara, pagando R$ 249 por mês, com direito a rede conveniada nacional e a filhos e cônjuge como dependentes. Se ele não for reeleito, continuará fazendo parte do plano de saúde, mas sua mensalidade passará para R$ 920.

Aposentadoria: Após oito anos de contribuição, tendo 60 anos de idade e 35 anos de contribuição somados para qualquer regime previdenciário, o parlamentar tem direito a 22% do valor do salário parlamentar da época. Ou seja, hoje a aposentadoria de quem teve dois mandatos é de R$ 5.879.

Outros benefícios
- Cotas gráficas destinadas à divulgação da atividade parlamentar: cada parlamentar tem direito à cota de reprodução de documentos (até o limite de 15 mil por mês, em preto e branco, no formato A4); à cota de separatas (livretos utilizados para a divulgação da atividade parlamentar, até o limite de 200 mil por ano, em papel A5); e às cotas de cartões, pastas e blocos de rascunho.

- Cada parlamentar dispõe ainda de uma cota de assinatura de cinco periódicos, entre jornais e revistas, que são fornecidos durante o período de funcionamento do Congresso Nacional, em dias úteis.

É Domingo dia 6 de Fevereiro Aerca apresenta o grande show com a banda cavaleiros dos forró

0 comentários


É domingo de 6 de fevereiro de 2011 na aerca tem o mega show com a super banda Cavaleiros do forró esta promoção é do Riba , aerca ,e do vereador bebezao com certeza vai ser grande show junto sua galera vai curtir este show
Em conversa como Riba um dos organizadores do evento em mi falou que já chega 4 mil ingressos antecipado então corre compre logo o seu nos posto autorizados na panificadora pão do Gil . No escritório da aerca na rua São Paulo no centro no boticário 15 reais antecipado você também compra no cartão cred shop mais segundo o Riba o preço deverá aumentar esta semana então não deixa para ultima hora compre logo o seu ingresso porque na hora vai ser outro preço

AÇAILÂNDIA TEM MAIS UM REPRESANTE NO CONGRESSO NACIONAL O STF defere mandado de segurança e manda Chiquinho Escórcio assumir vaga de Pedro Novais

0 comentários


Em primeira mão às 13h48

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Cezar Peluso, acaba de deferir o mandado de segurança do suplente de deputado federal Chiquinho Escórico (PMDB) para assumir a vaga aberta com a saída de Pedro Novais (PMDB) para o Ministério do Turismo.

A decisão foi tomada com base no novo entendimento da Corte, de que o mandato pertence ao partido, e não à coligação.

“Pelo exposto, defiro o pedido liminar, para que o Presidente da Câmara dos Deputados proceda à imediata posse do impetrante no cargo de Deputado Federal, vago pela licença do Deputado Pedro Novais”, diz o ministro na sentença.

Com isso, o suplente Costa Ferreira (PSC) deixa o cargo. Ele é o primeiro suplente da coligação e havia assumido no início do mês.

Ao blog, o deputado Chiquinho Escórcio informou que, apesar da decisão, só assume mesmo dia 2 de fevereiro e esclareceu que não há rusgas entre ele e Costa Ferreira.

“Fui buscar o meu direito e consegui. Não fui brigar com ninguém. Agora, só vou assumir dia 2 de fevereiro”, afimrou.

Jurispridência

O caso de Chiquinho Escórcio remonta ainda às eleições de 2006, mas a decisão desta sexta-feira (28) refletirá, obrigatoriamente, na composição do plenário da Câmara dos Deputados para a próxima legislatura.


Nonato: 3 mil votos e uma vaga na Câmara
O primeiro suplente Davi Alves Silva Jr. (PR) não vai mais assumir nenhuma das vagas abertas na coligação – pelas saídas de Novais para o Ministério e de Pedro Fernandes (PTB) para a Secretaria de Estado das Cidades (SECID).

Segundo suplente da coligação, Escórcio assumirá novamente semana que vem, também na vaga do ministro peemedebista.

Na vaga de Fernandes, quem asumirá é o suplente Nonato Costa (PTB), que obteve apenas 2.898 votos nas eleições de 2010.

Justin Bieber envia foto sem camisa para Selena Gomez

0 comentários

O pop star de 16 anos usou apenas uma gravata sem nó e jeans para as fotos e aproveitou para mandar uma delas, via celular, para sua possível namorada, Selena Gomez.

Uma fonte contou:

“Justin pediu à estilista que tirasse fotos sexies dele para que mandasse para sua namorada. Ele estava descontraído e brincando no set, mas definitivamente queria parecer bem para sua garota. Ele não mencionou o nome de Selena, mas nós sabíamos de quem se tratava.”



BBB 11: A mais completa cobertura do Big Brother Brasil e tudo sobre famosos você encontra em O Fuxico!

Deu no Língua Grande: Leitor denuncia o resultado das privatizações do serviço público em Açailândia.

0 comentários

Deu no Língua Grande: Leitor denuncia o resultado das privatizações do serviço público em Açailândia.


Esta palavra é usada como uma saudação e modernamente significa bom dia, boa tarde, olá, em Israel. Vejamos o significado da palavra em sua raiz original: Em hebraico, a palavra Shalom vem da palavra shalem que significa paz, prosperidade, bem, saúde, segurança! Shalom significa muito mais do que ausência de guerra! Inteireza, integridade, harmonia e realização são idéias mais próximas do significado da palavra. Em shalom encontramos implícita a idéia de relacionamentos não abalados com outras pessoas e de desejo de sucesso às pessoas nas suas empreitadas.

2) Shalom e seu real significado para Açailandia

É mais uma empresa do imperio Gonçalvino e que deveria ter outro nome em Açailandia, porque de shalon não tem nada. Mas o que esta empresa tem trazido ao povo e aos trabalhadores de Açailandia é muita desgraça e falta de paz, não faz juz ao nome que possui. Segundo informações de um de seus testas de ferro, o magnata que está levando o dinheiro do povo de Açailandia, Sr. Maurílio, está havendo uma grande desavença entre eles, aquele está sem receber a três meses e que a empresa Shalon, tem pago a metade dos salários dos seus funcionários com capital próprio. Outro testa de ferro que segundo o Sr. Maurílio é um tal de Sr. Roberto que ninguém vê, vive escondido em São Luis e não aparece em Açailandia e nega o que o Sr. Laranja Maurilio diz por aqui, o pior é que ninguem dá satisfação aos seus trabalhadores ou melhor dizendo aos "escravos" desta "Gata", os garis e demais trabalhadores, que estão sem receber e querem uma satisfação. Uma outra testa de ferro, chamada de Izabel, juntamente com o Sr. Maurílio, conforme os garis, vigias, merendeiras e zeladores, são especialistas em ameaçar os trabalhadores, quando os mesmos cobram apenas seus salários e seus direitos. O mais grave de tudo isso é que esta maldição chamada de empresa shalom, tem escravizado a muitos pobres de Açailandia, pagando apenas 300 reais de salários e forçando os trabalhadores assinarem como se estivesse ganhando o salário integral.

3) Quem está realmente por trás desta maracutaia toda em Açailândia?

clip_image002Acorda ministério publico, acordem promotores, acorda Centro de defesa da vida, acorda vereadores, aliás, estes últimos podem continuar dormindo mesmo, não servem de nada, acorda população, está na hora de dar um basta nisso tudo. Esta denúncia está sendo encaminhada, por um cidadão, ao Ministério Público, com toda documentação, em seguida será encaminhada a uma rádio de nossa cidade. Com esta atitude será que esta empresa está usando bem o nome que tem? Paz, prosperidade, bem, saúde, segurança, para a nossa cidade, tirem suas conclusões.

4) Significado da expressão testa de ferro: “Testa de Ferro” expressão que se refere a alguém que se apresenta em nome de outra pessoa, de alguma organização ou idéia que não é de sua própria autoria moral ou material, mas que apresenta ser. A palavra “ferro” nos leva a pensar em algo duro, que se agüenta perante as mais diversas situações. Já a palavra “testa” sugere algo que está na frente, uma fachada. As duas palavras juntas resultam em uma pessoa que é capaz de se impor e negociar a favor. Existem casos conhecidos de “Testas de Ferro” onde uma pessoa assume algo para proteger outros que se encontram economicamente e politicamente desprotegidos em face de poderes totalitários. Há outros, cujas causas são hipócritas e cuja aparência é baseada na mentira e no jogo sujo. Já a expressão "gata" é o apelido que se dá para as terceiras, empreiteiras, ou melhor, atravessadoras de mão-de-obra existentes aos montes por aí e, com peso imoral. Não sabemos a origem deste apelido, mas um bom chute é que venha de gatuno (malandro, espertalhão, aproveitador).

Publicado na íntegra.

A Maria da Penha me transformou num monstro"Quem é, como vive e o que pensa o homem condenado por tentar matar a brasileira que deu nome à lei

0 comentários


"A Maria da Penha me transformou num monstro"
Quem é, como vive e o que pensa o homem condenado por tentar matar a brasileira que deu nome à lei que combate a violência contra a mulher no País. Quase 28 anos depois do crime, ele fala pela primeira vez
Por Solange Azevedo, de Natal (RN)
O economista colombiano Marco Antonio Heredia Viveros chega sorrateiro. Pele bronzeada. Sorriso discreto. Testa alongada pela calvície. Puxa uma pequena mala preta de rodinhas apinhada de papéis. Na outra mão, traz uma pasta surrada estilo 007. Caminha de maneira altiva. Sem olhar para o chão. De camisa azul-clara – mangas compridas, poída, quase colada ao corpo – e calça bege, parece em forma. Declara ter 57 anos, apesar de documentos antigos apontarem sete anos a mais. Com sotaque carregado e depois de me dar um forte e inesperado abraço, Heredia pergunta: “Fez uma boa viagem?”. Durante as nove horas de entrevistas – somadas a uma sessão de fotos e a uma extensa troca de e-mails – ele tenta se mostrar cortês e inofensivo. Pensa em cada frase. Quando foge do script e escorrega nas palavras, respira demoradamente e sorri. Me chama de “meu anjo” e “querida amiga”. “Não sou o que as pessoas pensam”, afirma. “A Maria da Penha me transformou num monstro. Não tentei matá-la. O único erro que cometi foi ter sido infiel. Por isso, ela armou toda essa farsa. Essa mulher é um demônio.”



– Você cita Maria da Penha com muita raiva...

Heredia não deixa o raciocínio ser concluído e reage:
– Não é raiva. É objetividade. É verdade. Sinto pena dela. Se eu sinto pena, não posso sentir raiva.

Heredia vive solitário, enfurnado em 12 metros quadrados de um quarto de pensão, na periferia de Natal. Mantém pouquíssimos contatos com os vizinhos. Apenas a dona da hospedaria sabe quem ele é. O funcionário da lan house, onde Heredia se corresponde com familiares da Colômbia, não faz ideia de que ele seja um ex-presidiário. A balconista da mercearia, que lhe vende fiado, também desconhece o seu passado. “Não aceito que ninguém entre um centímetro na minha vida. Tiro a pessoa pelo pescoço”, garante Heredia. Ele decidiu se mudar para o Rio Grande do Norte em meados da década de 80, quando o cotidiano na capital cearense ficou insuportável. Partiu em busca do anonimato. Em Fortaleza, cidade onde morava com a biofarmacêutica Maria da Penha Maia Fernandes e as três filhas do casal, ele era apontado na rua como o criminoso que acertou um tiro na espinha da mulher e a deixou paraplégica. Uma mulher que, anos mais tarde, se tornaria o símbolo do combate à violência doméstica no Brasil e viraria nome de lei.

À medida que Maria da Penha foi crescendo, ganhando espaço na mídia, sendo homenageada como um exemplo de luta, simbolicamente, Heredia foi ficando cada vez menor. Mais cruel, mais perverso. Quase 28 anos depois do crime, ele fala pela primeira vez. Num momento em que julga não ter nada a perder. “O que de pior pode acontecer comigo? Eu morrer? Morrer é o fim de qualquer um. Ser preso? Jamais poderei ser preso”, diz. Como se tivesse encarnado uma espécie de Joseph K., o personagem de “O Processo”, a obra-prima de Kafka, Heredia afirma ter sido jogado na prisão por um crime que não cometeu. Nega ter simulado um assalto e tentado executar Maria da Penha enquanto ela dormia. Nega tê-la mantido em cárcere privado. Nega ter maltratado e batido nas filhas. “Ele sempre vai negar. Sempre fez isso, mesmo quando caía em contradições”, afirmou Maria da Penha, na semana passada, à ISTOÉ. “Mas contra fatos não há argumentos. Foi um crime hediondo e tudo acabou devidamente comprovado na Justiça.”


“O meu agressor demonstrou ser uma
pessoa maquiavélica e altamente perigosa”
Maria da Penha Maia Fernandes

Na trama descrita pelo colombiano, Maria da Penha é a vilã. Ela teria ludibriado a polícia, o Ministério Público, os tribunais brasileiros, organizações de direitos humanos nacionais e estrangeiras, os meios de comunicação e convencido testemunhas a mentir. “Denegrir a minha imagem como pai, marido e ser humano seria a forma mais fácil de Maria da Penha me atribuir um crime hediondo”, afirma Heredia. “Todo mundo acha que a Maria da Penha é uma coitadinha porque está numa cadeira de rodas. O Brasil precisa de uma outra fada madrinha. Essa lei nasceu manchada.” Heredia diz que o País se deixou envolver porque o povo brasileiro é “muito emotivo” e sentiu “compaixão por uma paraplégica”. “Emotivo”, aliás, foi o adjetivo usado por um dos auxiliares do líder iraniano Mahmoud Ahmadinejad para se referir ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quando o petista ofereceu asilo a Sakineh Ashtiani, condenada à morte por apedrejamento.

Nos 16 meses de cárcere – em regime fechado – e nos anos que se seguiram, Heredia leu livros de direito e se familiarizou com jargões de seriados policiais como “CSI” e “Law & Order”. Aprendeu que as provas técnicas, periciais, têm sido cada vez mais valorizadas em detrimento das testemunhais. Essas últimas foram consideradas fundamentais para que ele acabasse condenado. Heredia examinou folha por folha do processo procurando possíveis lacunas, supostas contradições, passagens dúbias. É isso o que carrega na mala preta e na pasta surrada. Ele reuniu tudo nos livros “A Verdade não Contada no Caso Maria da Penha” e “Extermínio de Homens”. Em outubro de 2010, os lançou através do www.clubedeautores.com.br, site que comercializa obras sob demanda, de escritores independentes.

Heredia afirma que não lê nem assiste ao que é veiculado sobre Maria da Penha. Quando a ex-mulher surge na tevê, ele muda de canal. “Não quero mais ver satanás. Já estive no inferno”, diz. Suas obras, no entanto, parecem ser uma resposta ao livro “Sobrevivi... Posso Contar”, de Maria da Penha, e às entrevistas concedidas por ela desde o crime. Dias depois de falar à ISTOÉ, Heredia não se conteve e pediu a cópia de um texto citado por mim quando estive em Natal. “Não sou bom nessas coisas de internet, de Google. Quando preciso de alguma coisa, é a minha filha quem procura e me manda”, afirma. A moça – uma bela estudante de enfermagem, de 21 anos e cabelos clareados, que também vive na capital do Rio Grande do Norte – o visita esporadicamente. “Acredito cegamente em painho. Ele é um bom pai, um bom homem. Não seria capaz de fazer essas coisas”, diz a universitária.

Heredia tem cinco filhas. As três primeiras com Maria da Penha, essa universitária com uma potiguar e outra, adolescente, com uma pernambucana. Uma delas sepultou o sobrenome paterno ao se casar. As demais não costumam usá-lo publicamente. Heredia acha que sentem vergonha. O pouco que ele sabe sobre a linhagem que formou com Maria da Penha vem da internet. “Tenho três netos”, conta o colombiano. Heredia tomou conhecimento das crianças porque a filha universitária localizou uma das meio-irmãs na rede social Orkut. “Ela aceitou me adicionar. Mas, depois, mandei algumas mensagens e ela não respondeu”, revela a moça. Também foi no Orkut que a universitária encontrou fotos das meio-irmãs e mandou para o pai. Heredia imprimiu uma das três juntas – já mulheres feitas – e botou num porta-retrato sobre a cabeceira da cama. “Até pouco tempo atrás, o que eu tinha na cabeça era a imagem delas pequenas”, lembra Heredia. “De vez em quando, mando e-mails para a mais velha, em nome das três, dizendo que as amo. Mas ela deve apagá-los.”


FAMÍLIA
As filhas de Heredia e Maria da Penha numa foto
de 1984 – a última que ele tirou com as meninas

Ao falar das filhas, Heredia fica com os olhos marejados. Dos relatos publicados por Maria da Penha no livro “Sobrevivi...”, os mais chocantes são os relacionados às meninas. “Tudo era motivo de bater nas filhas, quebrar os brinquedos ou objetos quaisquer que encontrasse à sua frente. Às vezes, só por encontrar uma cadeira, toalha ou outro objeto fora do lugar, já era motivo para gritar, quebrar as coisas de casa com tanta raiva que nos amedrontava, inclusive as babás, as queridas Dina e Rita, que a tudo testemunhavam espantadas”, escreveu Maria da Penha. “A fim de tirar o hábito que minha segunda filha tinha de, para adormecer, chupar o dedo polegar, Marco metia suas mãozinhas em meias e as imobilizava, amarrando-as por elásticos, com tal intensidade que, no dia seguinte, persistiam nos braços da criança vergões vermelhos como se fossem queimaduras. (...) Para evitar que as meninas molhassem a cama durante a noite, elas só podiam tomar água até a hora do almoço”.

“Nunca maltratei uma filha”, afirma Heredia. “Acho isso uma covardia. Mas as empregadas disseram que eu batia e deixava marcas.”

– Por que elas mentiriam?

– É muito simples, diz Heredia. Havia um rancor entre mim e as empregadas. Segundo elas e Maria da Penha, eu era muito grosso. Eu chamava a atenção quando a que tinha de cuidar das crianças falhava. Sou uma pessoa séria e objetiva. Por isso as pessoas falam que sou um carrasco.
Heredia fica impaciente quando sua versão sobre o crime é posta em xeque. Movimenta-se para a frente e para trás na cadeira, apoia os cotovelos na mesa e ampara o queixo com as mãos. Sorrindo, ele diz:
– Se eu for responder tudo o que a Maria da Penha fala, vamos ficar aqui a noite toda.

Diante de perguntas incômodas, ele tergiversa e, às vezes, escorrega. Justifica ter comprado outro revólver depois do crime para deixar com o vigia recém-contratado:
– A minha arma tinha sido roubada pelos bandidos. Me autolesionaram... me lesionaram e a levaram.
Maria da Penha foi alvejada aos 38 anos, em maio de 1983. Ficou mais de quatro meses no hospital e foi submetida a uma série de cirurgias. Algumas semanas depois de voltar para casa, numa cadeira de rodas, se separou do marido. Ela prestou o primeiro depoimento em janeiro de 1984. Foi a partir daí que a polícia juntou as peças e passou a responsabilizar Heredia. “Só uma catástrofe iminente poderia ser pior do que o tipo de vida que estávamos levando. O nosso desespero era muito grande. Eu sofria por mim e por minhas filhas”, afirma Maria da Penha. “Eu precisava sair de casa respaldada por uma autorização judicial de separação de corpos, para que não fosse caracterizado abandono de lar.” Ela temia que Heredia entrasse na Justiça para ficar com as filhas. Maria da Penha relata que o então marido passou a proibi-la de receber visitas e fazia de tudo para afastá-la da família e de amigos. Agia como um carcereiro. Ela conta que, em certa ocasião, pediu ajuda para tomar banho – coisa que não fazia havia três dias – e o então marido respondeu que só teria tempo para auxiliá-la no fim de semana.

Heredia foi condenado duas vezes por tentativa de homicídio. Mas o processo ficou empoeirando nos escaninhos da Justiça durante quase duas décadas, enquanto ele permanecia na rua. Recurso após recurso. O colombiano foi preso em outubro de 2002 – quando o crime estava prestes a prescrever – porque o caso foi denunciado à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA). A morosidade para concluir o processo, além das evidências de que a violência contra a mulher é sistemática no País, levou a OEA a responsabilizar o Estado brasileiro pelas violações sofridas por Maria da Penha e a acusar o Brasil de ser omisso com a violência doméstica. Por isso, a história de Maria da Penha se tornou um marco. Desde então, por recomendação internacional, o governo vem adotando medidas para atacar o problema. Uma delas foi a criação, em 2006, da Lei Maria da Penha. Antes disso, a violência contra a mulher era tratada como crime de menor potencial ofensivo. Não dava cadeia.

“Comecei a perder tudo quando fui preso. Naquele dia, fui sepultado”, avalia Heredia. “A condenação foi como sentir um punhal nas costas. Mas o cárcere foi como se tivessem arrancado toda a pele do meu corpo. Naquele momento, percebi que a minha vida tinha se desmanchado.” Heredia conseguia levar uma vida normal porque não carregava na biografia o estigma de presidiário. Não lhe faltava trabalho, dinheiro nem mulheres. Na capital do Rio Grande do Norte, onde não era reconhecido e podia andar livremente, ele se casou mais duas vezes, teve duas filhas e continuou atuando como professor universitário e consultor de empresas. Chegou a ganhar R$ 10 mil por mês. Tinha um apartamento confortável, carro importado, crédito para viajar e um círculo razoável de amizades.

Heredia foi capturado em sala de aula e levado para uma prisão do Ceará. Quando ganhou o direito ao semi-aberto, regime em que os detentos podem trabalhar fora durante o dia, foi transferido para um presídio de Natal. Na capital potiguar, voltou a lecionar. O novo emprego, no entanto, durou apenas um ano. “Os alunos procuraram o meu nome na internet e a primeira coisa que aparecia era: assassino. Me chamaram na direção e, elegantemente, disseram que iam cortar as minhas turmas”, conta Heredia. Àquela altura, o terceiro e último casamento do colombiano também tinha acabado. A mulher – uma professora de inglês bem mais jovem do que ele – havia vendido o apartamento da família, engatado um novo romance e se mudado para o Rio de Janeiro com a filha. Heredia não vê a menina há quatro anos.

Quando partiu para a capital fluminense, a mulher deixou com a mãe dela um menininho que Heredia adotara antes de ser preso. O garoto morou com a ex-sogra do colombiano até ser “devolvido” para um abrigo público. No documento de destituição do pátrio poder, Heredia é apontado como um homem de “temperamento agressivo e violento” com a ex-companheira, com a filha biológica e com o adotivo. Num dos trechos, há menção de um boletim de ocorrência registrado no dia 29/1/2001 em que Heredia é acusado de espancar a então mulher. O colombiano nega. Diz que, durante uma discussão boba, a mulher puxava o celular de um lado e ele do outro e, quando ele soltou, o aparelho atingiu o rosto dela. Heredia não comunicou à Vara de Família que fora condenado quando pleiteou a adoção. A assistente social soube quando a ex-companheira de Heredia lhe emprestou o livro escrito por Maria da Penha. Considerou, então, que o colombiano repetira a violência cometida contra as três primeiras filhas e não teria condições de ser um bom pai.


COTIDIANO
Heredia vive num quarto de pensão
de 12 metros quadrados

Sem trabalho nem renda fixa, nos últimos quatro anos, Heredia tem se virado como pode. Por alguns meses, foi coordenador administrativo de uma importadora de CDs. Quando aparece algum bico, ele sabe que não pode exigir muito. Topa até escambo. Certa vez, fez uma consultoria informal para um conhecido e recebeu dois televisores usados como pagamento. Vendeu os aparelhos para pagar contas e abastecer a geladeira. Em outra ocasião, se desfez de um aparelho de som novinho. O último automóvel, um Fiat Uno capenga pelos anos de uso, também serviu para quitar dívidas. Quase tudo o que Heredia tem no quarto pertence à dona da pensão. Quando não tem comida suficiente, o colombiano pula o almoço porque não consegue dormir de barriga vazia.

No dia a dia de Heredia uma coisa é certa: o tédio. “Não tenho o que fazer. Às vezes, tiro as roupas do armário, sacudo tudo e guardo de novo. Olho no relógio e o tempo não passou”, conta. Para disfarçar o cheiro de gordura da própria cozinha e o fedor da criação de porcos e galinhas do vizinho, ele acende um incenso. Os R$ 280 do aluguel, geralmente, são pagos por conhecidos. Mesmo depois de dois infartos, Heredia segue sobrevivendo. Anda a pé para economizar. Como também não sobra dinheiro para comprar livros, relê os que estão envelhecendo na estante. “Como Evitar Preocupações e Começar a Viver”, de Dale Carnegie, é o que está atualmente sobre o criado mudo. Heredia pouco assiste à tevê. “Não vejo esses programinhas. Tenho nojo. Como tem cozinheiro na televisão”, diz. “Aqueles outros cheios de prostitutas e de bichonas que vão para uma casa no interior. Não sei como chama. ‘Big Brother’, essas coisas, não são comigo.” Dos bons tempos, sobraram os discos de Carlos Gardel e Libertad Lamarque. Heredia lembra que Maria da Penha não era muito boa dançando tango. Mas era linda. Loira. Na memória dele, meio parecida com a atriz Vera Fischer.

Heredia e Maria da Penha se conheceram em São Paulo, quando estudavam pós-graduação. Resolveram se casar e, na capital paulista, tiveram a primeira filha. As outras duas nasceram quando a família já havia se mudado para Fortaleza, cidade de Maria da Penha. De acordo com ela, a relação correu bem até Heredia conseguir a cidadania brasileira e se firmar profissionalmente. Depois, degringolou. “Não é possível que eu não tenha uma única qualidade. Não é possível que quem me acusa não veja nada de bom em mim. Nunca fui o marido mais perfeito, o pai mais perfeito. Mas sempre fui uma pessoa correta. Do fundo dessa alma de demônio, a Maria da Penha sabe disso.” Maria da Penha se mostra indignada com as acusações do ex-marido: “O meu agressor é muito inteligente. Mas, infelizmente, usou sua inteligência para o mal”, afirma. “Ele demonstrou ser uma pessoa maquiavélica e altamente perigosa.”

Janeiro de 2011 Operação da PM apreende armas em Buriticupu

0 comentários


segunda-feira, 24 de janeiro de 2011Operação da PM apreende armas em Buriticupu
Policiais Militares da 5ª CI, sediada em Açailândia realizaram uma operação na cidade de Buriticupu, Destacamento Policial da 5ª CI, com o intuito de coibir delitos como roubo a cargas e caminhões, assaltos e tráfico de drogas. O efetivo policial que contou com policiais da Força Tática, Patrulha Rural, e demais PM´s do DPM de Buriticupu sob o comando do Major Edeilson, comandante da 5ª CI, iniciou a operação ainda na madrugada do dia 21, fato que proporcionou o elemento surpresa, de acordo com a estratégia implantada pelo comandante da operação Major Edeilson, e se estendeu até as 14 horas do mesmo dia. As abordagens realizadas na BR 222, saída do assentamento Faíza, logrou êxito, ao ser apreendidas três armas de fogo, que eram portadas irregularmente por passageiros de uma van que se dirigia para Buriticupu. Com Cícero Felipe da Silva de 35 anos, residente no assentamento Faíza, foi encontrado uma Pistola Taurus cal. 380 e 10 munições; com Antonio Ernesto da Conceição, 36 anos, residente na Vila Renascer, assentamento Capoema, foi encontrado uma arma de fabricação caseira, tipo Garrucha e com Valter Cardoso de 71 anos, residente na Vila Renascer, assentamento Capoema, foi encontrado um Revolver 38, com três munições, sendo que uma estava deflagrada. Em outra abordagem, no bairro caeminha, foi encontrado um revolver Rossi cal. 38, sob o poder de Jocilas Rodrigues de Sousa 60 anos de idade. Somando o total de quatro armas apreendidas em curto espaço de tempo.

Em relação ao tráfico de drogas, foi estourado um ponto de vendas de drogas (boca de fumo), na Rua Deputado Vila Nova, bairro Terra Bela, quando no local se encontravam Marcone Pinheiro Maia, 40 anos; Rosilene Alves Pereira, 21 anos; Valdenilson Silva Sousa, 20 anos. Com os mesmos foi apreendido 15 pedras de crack, dois cachimbos para consumo do entorpecente, um pacote com uma razoável quantidade de maconha e ainda a quantia de R$ 47,00 trocados em notas R$ 2,00, característica de dinheiro usado no comércio de drogas. Todos foram apresentados na Delegacia de Buriticupu e lavrado flagrante delito por porte ilegal de arma e tráfico de drogas.

Ao final da Operação o Major Edeilson avaliou positivamente o resultado, reconhecendo o empenho dos seus policiais nas abordagens. Lembrou também que essas ações irão continuar na área da 5ª CI, e que esforços não serão medidos para a diminuição da criminalidade com intuito de proporcionar cada vez mais segurança a população.

Gospel e pop, Aline Barros cita a Bíblia contra a pirataria Autobiografia da cantora religiosa vendeu 50 mil exemplares

0 comentários


Autobiografia da cantora religiosa vendeu 50 mil exemplares em três meses.
Para evitar polêmicas, ela não revela os 'artistas seculares' que ouve.

Braulio Lorentz
Do G1, em São Paulo

imprimir
A capa do livro de Aline Barros (Foto: Divulgação)A leitura de "Aline Barros - fé e paixão" começa com uma menina que conseguiu vender só um cachorro-quente em um dia de trabalho em uma barraca no Rio de Janeiro. E termina com a discografia comentada da principal cantora gospel do Brasil, graças a 5 milhões de CDs vendidos em 16 anos. Com capítulos pontuados por salmos, a biografia de Aline foi comprada por 50 mil fãs em três meses.

“Coloquei ali dentro princípios que nortearam a minha vida”, explica ela, hoje com 33 anos, em entrevista ao G1. “Eu era uma menina que não imaginava ser cantora. Nunca acreditei que iria brilhar nas primeiras páginas de revistas e nos jornais. Tudo aconteceu naturalmente. Hoje, tenho o respeito de evangélicos, católicos, espíritas... O que atrai as pessoas é o perfume de amor que a gente exala.”

O começo da carreira veio quando tinha 17 anos, com a ajuda de Ricardo Feghali e Cleberson Hortsh, músicos do grupo Roupa Nova. “Eu era muito novinha”, recorda. “Tinha dois aninhos quando os conheci. Chamava de Tio Feghali. Eles eram amigos dos meus pais. Eu me sentia à vontade por trabalhar com eles. Eu já cantava algumas músicas em Igrejas, tocava violão. Eu só queria que me gravassem.”

No livro, Aline não deixa de mencionar o mal que teve em suas pregas vocais. Há oito anos, uma fenda fez com que ela ficasse com 5% da voz. Após o aviso médico de que poderia nunca mais voltar a cantar, passou horas trancada no quarto, aos prantos. “Minha voz foi modificando muito. Até por conta do problema que tive”, lembra. “Nunca tive aula de canto. Eu não tinha muito cuidado. Não me preocupava em aquecer e desaquecer a voz”, lamenta.


Aline durante gravação do "Show da virada", no fim de 2010 (Foto: Divulgação)Ao falar sobre pirataria, que “afeta todos os artistas”, ela cita uma passagem de outro livro. “Eu oriento as pessoas, digo que é errado. A Bíblia mesmo fala sobre isso: dê a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. Quando você compra algo pirata, não está contribuindo. É errado. Tenho orado bastante para outros meios melhorarem essa questão”, conta.

No fim deste mês, lança o CD “Extraordinário amor de Deus”. “As canções têm o meu dedinho”, avisa. “Cada CD é como se fosse um filho pra mim. Este é uma convocação geral para que pessoas de todas as idades façam a diferença. São 14 faixas, cada uma mais linda do que a outra.”

Entre um lançamento e outro, Aline também se arrisca pelo mundo do streaming. “De vez em quando, eu entro no YouTube para ver o que está acontecendo com a música. Vou a shows. Eu trabalho no meio musical, tenho que ficar antenada para novas tendências”, justifica.

A pesquisa em busca do que está sendo produzido na “música secular”, como chama artistas que não são do universo gospel, perturba alguns. “É complicado citar nomes de bandas e cantoras. Acabo criando polêmica. Tem gente [do meio gospel] que não acha legal. Há pessoas que não aceitam ouvir música secular”, explica.

Só resta, então, especular se Aline prefere Lady Gaga, Marisa Monte, Taylor Swift, Celine Dion ou Shakira.

“Todo gay nasce gay”, diz Ricky Martin

0 comentários

,O cantor Ricky Martin, que no ano passado assumiu sua homossexualidade, afirmou que “todo gay nasce gay” e essa é sua “natureza”, afirmando que muitas de suas fãs disseram que não vão voltar a escutar sua música.

- Queria que o mundo entendesse que amar da forma como amo não é revolucionário, é algo natural, minha natureza me fez assim. Todo gay nasce gay. A vida social se opõe a essa naturalidade e ali começam os conflitos. Isso não é uma preferência, não foi uma decisão que eu tomei. Nasci assim”. Não pense que ontem fui de um jeito e agora decidi ser isso – declarou Martin em entrevista concedida à revista “Veja”.


Ricky Martin: 'Conheci muitas mulheres, mas no fim do dia quero estar com um homem'.
Na entrevista, o cantor admitiu que “muita gente” no mundo todo disse que não voltará a escutar sua música, depois que ele confessou ser homossexual.

O ex-integrante do grupo Menudos, que estourou nos anos 80, afirmou que foi bom encerrar anos de especulação sobre a sua sexualidade. Ao mesmo tempo, a revelação bombástica pôs fim à crise pessoal que, por um momento, o levou a ter uma vida de apenas “cansaço e tristeza”.

O astro, hoje com 39 anos, comentou que chegou a ter relações com mulheres e até se apaixonou por várias, a ponto de considerar ser bissexual.

- Conheci mulheres com quem tive uma conexão surpreendente e que me fizeram descobrir a sensação que pode ser compartilhada por um homem e uma mulher durante o sexo. [...] Mas no fim do dia quero estar com um homem.

Esconder a homossexualidade era o que mais cansava o cantor, que não queria mais fingir ser quem não era. Os filhos gêmeos Matteo e Valentino, de 2 anos (gestados por uma mãe de aluguel), foram o fator principal para o ator fazer a revelação.

- Quero mais é que meus filhos falem a seus amigos: “Meu pai é gay e ele é muito legal”.

Sobre o medo de perder parte de seu público, o cantor revela que essas questões acabaram passando pela sua cabeça, mas acredita que, passado quase um ano, as pessoas estão respondendo positivamente.

Com 60 milhões de discos vendidos no mundo, o porto-riquenho vai lançar neste ano o álbum Musica + Alma + Sexo, seu primeiro em cinco anos, período em que se dedicou à paternidade.

Martin, 39, tem dois filhos (que nasceram em 2008 gerados em uma barriga de aluguel,). Ele afirma que foi o “olhar” deles que o motivo para assumir publicamente sua opção sexual.

Desde que assumiu a sua homossexualidade em seu site oficial, em março de 2010, o cantor vive hoje de uma maneira diferente e se sente mais feliz e completo.

Beber cerveja faz bem e combate até diabetes

0 comentários

Beber cerveja faz bem e combate até diabetes
A cerveja foi elevada ao status do vinho no que diz respeito aos benefícios à saúde. Um novo estudo espanhol comprovou que tomar uma caneca da bebida por dia combate diabetes, evita ganho de peso e previne contra hipertensão. Além de ter graduação alcoólica baixa, a cerveja contém ainda ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio – nutrientes que protegem o sistema cardiovascular.


Para mulheres são dois copos pequenos da bebida; para homens, três
“Nesse estudo, nós conseguimos banir alguns mitos. Sabemos que a cerveja não é a culpada pela obesidade, já que ela tem cerca de 200 calorias por caneca – o mesmo que um café com leite integral”, destaca a médica Rosa Lamuela, uma das responsáveis pela pesquisa feita em parceria entre a Universidade de Barcelona, o Hospital Clínico de Barcelona e o Instituto Carlos III de Madri.

Os especialistas afirmam também que a cerveja não é a responsável pelo aumento da gordura abdominal. A culpa, na verdade, seria dos aperitivos gordurosos, como salgadinhos e frituras, que grande parte das pessoas consome junto à bebida.

O estudo, realizado com 1.249 homens e mulheres acima de 57 anos, indica que mulheres podem tomar dois copos pequenos de cerveja por dia, enquanto para os homens estão liberados até três copos. Contudo, o hábito deve estar associado a uma dieta saudável e a exercícios físicos regulares.

O DEPUTADO ESTADUAL IRMÃO CARLOS HOMEM FORTE PARA 2012

0 comentários

O deputado estadual Irmão Carlos alcança vôo próprios pelo pouco tempo que passou na assembléia legislativa fez muito pela nossa região e principalmente por nossa querida Açailândia onde mesmo destinou vários recursos não só para Açailandia mais também para outras cidades do Maranhão. Onde o nobre parlamentar mesmo sendo do PSDB partido de oposição ao governo de Roseana mais ELE faz parte DA BASE ALIADA DO GOVERNO DE ROSEANA SARNEY
ESTE BLOGUEIRO CONHECE O TRABALHO NO DEPUTADO DESDE O TEMPO QUE ELE AINDA ERA VEREADOR. ELE TEVE 4 MANDATOS DE VEREADOR SENDO 2 MANDATOS DE PRESIDENTE DA CAMARA MUNICIPAL DE AÇAILÂNDIA ELE TEVE O TRABALHO RECOLHECIDO E APROVADO PELA POPULAÇAO SEGUNDO SUA ASSESORIA ELE NÃO FAZ MAIS PARTE DO GRUPO DA PESSIMA ADMISTRAÇAO DO ILDEMAR.
IRMAO CARLOS JÁ TEM SEU GRUPO POLITICO FORMADO VEM FORTE PARA DISPUTA DA PREFEITURA E PODERÁ GANHAR A ELEIÇAO ELE TEM TODO APOIO DO GOVERNO DO ESTADO

Mariozan Rocha deve arrastar Grande multidão para show em Açailândia !!!

0 comentários

O SHOW ACONTECE NESTE SÁBADO(22/01) NO CASTELÃO


com a participação da F.250 Furiosa e D´js agitado a galera...

ingressos antecipados a venda nos postos autorizados; Panificadora Pão do Gil , Farmácia Americana , Boate Blekalte.

Apoio: Diniz Motos ,Tok Bolsas e Rádio Clube fm 98,1

Realização: Carcará Produções (Bebeto Telles)

Mariozan Rocha coloca o pé na estrada e descobriu o valor e aceitação ao seu estilo musical nos Estados no Tocantins, Maranhão, Pará e Goiás. Dono de um estilo próprio e dotado de capacidade e muita simplicidade o sucesso não demorou e hoje já desponta como um, dos artísticas mais escutados e solicitados nas emissoras de rádios dos Tocantins, Maranhão, Pará e Goiás.

A nova fase, na carreira do cantor e atende a um anseio de seus fãs que vem desde o início de carreira, nos tempos das serestas cantadas por ele , nas noites picoenses. Esse novo trabalho, permite um retorno às suas origens e promete apaixonar uma legião de fãs pelo Brasil que começou no Tocantins e ganhou outros estados como Maranhão, Pará e Goiás onde se consolida no gosto e na aceitação do grande público.

Marina Silva, ex-candidata a presidente, irá criar instituto para prevenção ambiental e formação política para evangélicos

0 comentários

Marina Silva, ex-candidata a presidente, irá criar instituto para prevenção ambiental e formação política para evangélicos
Às vésperas de deixar a vaga de senadora, Marina Silva (PV-AC) está preparando o lançamento de um instituto de ações focadas na preservação ambiental e em formação política. A entidade terá seu nome e seria direcionada inicialmente para o público evangélico. A intenção inicial da parlamentar seria evitar um distanciamento do eleitorado devido ao fim do mandato, de acordo com o jornal “Folha de São Paulo”. Além disso, a ideia é vista como uma espécie de preparação para uma possível candidatura à Presidência da República em 2014.



Aliados e especialistas em política observam que sua pretensão é se mostrar como uma referência mais progressista dentro do setor evangélico na política. Durante a campanha eleitoral de 2010, ela se mostrou opositora ferrenha do aborto e do casamento homossexual, mas defendeu a tolerância e o diálogo. A senadora recebeu fortes críticas de outros líderes evangélicos, como o pastor Silas Malafaia, que consideraram sua postura como contraditória. Marina confirmou a criação do instituto, mas negou intenção eleitoral para 2014.

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

0 comentários

Veja a historia do cego que se casou com sua prima, e da união nasceu (03) filhos aleijados, e o famoso cantor do risca faca, Pepe Moreno, se comoveu com a historia, e passou a ajudar o casal! O cantor estar de parabéns! Afinal de contas quem dar aos pobres empresta a deus.

O novo dvd de Pepe Moreno tem o Clip de um cego com três filhos aleijados.Um clipe muito bom, mais uma vez Pepe Moreno traz a humildade com seus fãs à tona em seu trabalho.Tem muitas pessoas perfeita que vive reclamando da vida por coisas poucas, após ver este vídeo valorize a cada minuto de sua vida, pois a vida é curta demais para estarmos se lamentando, este vídeo mostra a realidade de um jovem casal, ele é cego e primo de sua esposa e tiveram 3 filhos aleijados.
Que Deus abençoe, e proteja está família!

Mataça de gatos no Bairro Lanjeiras principalmente na final da Rua Tiradentes preocupa a populaçao daquele Bairro.

0 comentários

Muitos gatos já morreu no barro Laranjeiras ja sao varios gatos mortos.
A Populaçao do bairro laranjeira estao todos muitos preocupados com as mortes destes animais será que foi morte natural ou envenamento mais segunda algum moradores daquele bairros que não prefere se identificar as mortes destes gatos seria envenamento por serie provocado por um certo morador do bairro quer o mesmo já via falado que iria acabar os gatos do bairro. A ultima vitima foi o gatinho da minha querida Mamãe . Queremos ter as autoridades policias tome providencia antes que mais gatos morra . Pergunta que fica no ar porque um ser humano Racional levaria comentar tanta Barbaridade conta um animal como gato, que alias quase todas as casas dos Brasileiros existe este animal que serve para muitos coisas além de comer os ratos da casa serve tambem de animal de estimaçao

Estado de saúde de humorista Shaolin é grave, dizem médicos Ele está na UTI do Hospital Antonio Targino, em Campina Grande (PB)

0 comentários

O estado de saúde do humorista Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, de 39 anos, ainda é grave no início da manhã desta quarta-feira (19). De acordo com o Hospital Antonio Targino, em Campina Grande (PB), onde ele está internado, o comediante está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e não há previsão para saída do setor.

Shaolin sofreu um grave acidente, na noite da terça-feira (18), quando dirigia na BR-230, em Campina Grande. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o comediante da Rede Record dirigia no sentido São José da Mata da rodovia, com destino a Campina Grande, quando um caminhão que vinha na faixa oposta invadiu a contramão e bateu contra o veículo do artista.

Ainda de acordo com a PRF, os veículos se chocaram lateralmente. O motorista do caminhão fugiu sem prestar socorro. No momento do acidente, Shaolin estava só em seu carro e foi levado por uma unidade do Corpo de Bombeiros, primeiramente, para o hospital regional da cidade, onde deu entrada, por volta da 0h15, com traumatismo craniano e o braço esquerdo praticamente amputado.

Cerca de uma hora depois dos primeiros socorros, o comediante foi transferido para o Hospital Antônio Targino, onde passou por duas cirurgias, uma na cabeça e outra no braço. Vários médicos, entre eles dois ortopedistas e um especialista vascular, integraram a equipe que realizou as cirurgias.

De acordo com o médico ortopedista, Dr. Amaro Jorge Pinto, que participou da cirurgia no humorista, o pronto atendimento foi crucial e evitou, num primeiro momento, a amputação do braço do artista.

- Ele chegou com uma fratura exposta e com perda de muita massa óssea e muscular na região do ombro.

O Dr. Luciano Holanda, responsável pela cirurgia neurológica, informou que os médicos conseguiram reduzir a fratura craniana e também estabilizar os traumas vasculares.

- Apesar da gravidade do quadro clínico de Shaolin, nós acreditamos que, com o passar das horas, o seu estado de saúde melhore.


Carreira
Shaolin já participou de programas da televisão brasileira, como Domingão do Faustão, A Praça É Nossa, Show do Tom entre outros. Atualmente, faz parte do Tudo é Possível, programa de entretenimento apresentado por Ana Hickmann na TV Record. O humorista passava férias na Paraíba e estava em cartaz no Estado com o espetáculo Lula de Férias.

IMPERATRIZ :Eita Festão! carnaval está com a prefeitura e beira os 400 mil reais.

0 comentários

Se confirmar será o carnaval mais caro de Imperatriz.

Tenho uma penca de amigos blogueiros e twiteiros. Todos adoram escrever e expor suas opiniões, muitas vezes polêmicas. Há quem diga que este é o quinto poder; outros, que é um upgrade do quarto. Não importa. O cidadão de hoje tem um poder e tanto nas mãos. Então vamos fazer bom uso e falar do nosso "CARNAVAL" que já se comenta nos bastidores que será o maior de todos os tempos.

Lembra do fracasso do ano passado?... Se não lembra, pergunte aos donos de hotéis, restaurantes, vendedores ambulantes, serviço de taxi/mototaxi etc... A prefeitura conseguiu a proeza de deixar a cidade vazia durante o carnaval. Até agora não sabemos se podemos atribuir o fracasso à organização ou desorganização do evento, se bem que as atrações....
Você lembra quais foram?
Vamos refrescar sua memoria...


Banda Romance
Banda Mikerrê
Banda Nave Irada
Banda Arpoador
Banda Bambu Beach




Você conhece alguma? Eu também não! Pois bem, como se isso não servisse de exemplo já se começa a propagar o GRANDE CANAVAL de 2011.

Vejamos as atrações que Conor Farias está anunciando:



Os bambaz,
Trem de pouso,
Balangandai,
banana com cervada


O valor das bandas e o trio elétrico Carcará e Executivo (do Conor) já se aproximam de R$ 400.000,00 faltando só o "SIM" da prefeitura para assinatura dos contratos.

400 mil... O que daria pra fazer com essa quantia? Talvez contratar uma banda de renome para fazer um evento que atraisse toda a região. Já pensou! Quem sabe selar o nome da cidade como o turismo carnavalesco de bandas baianas. O pior é gastar uma nota com algumas bandas que ninguém sabe quem são!

Mas o mistério disso tudo, está no desafeto da prefeitura: "Conor Farias".
Por que o dono do canal "Rede Tv" Capital, que não desfruta do carisma do prefeito foi o primeiro a ter seu contrato de propaganda pago pela "open door", (um dos mais altos) e ainda terá o privilégio de coordenador o carnaval? Por que a equipe da prefeitura responsável em fazer o carnaval teria mudado de ideia quando afirmou não concordar com a parceria do "só te pegando" para fazer o evento.

Teria o desafeto se transformado em amor? Qual mistério estaria por trás dessa mudança repentina?

Ainda não tem nada concretizado, afinal, o prefeito ainda não assinou. Mas se a sociedade não acompanhar todo esse processo, o carnaval de Imperatriz será $Um sonho de carnaval$!!!"

Para os que trabalham na mídia

0 comentários

Jornalista não fala – informa;
Jornalista não vai à festas – faz cobertura;
Jornalista não acha – tem opinião;
Jornalista não fofoca – transmite informações inúteis;
Jornalista não pára – pausa;
Jornalista não mente – equivoca-se;
Jornalista não chora – se emociona;
Jornalista não some – trabalha em off;
Jornalista não lê – busca informação;
Jornalista não traz novidade – dá furo de reportagem;
Jornalista não tem problema – tem situação;
Jornalista não tem muitos amigos – tem muitos contatos;
Jornalista não briga – debate;
Jornalista não usa carro – mas sim veículo;
Jornalista não passeia – viaja a trabalho;
Jornalista não conversa – entrevista;
Jornalista não faz lanche – almoça em horário incomum;
Jornalista não é chato – é crítico;
Jornalista não tem olheiras – tem marcas de guerra;
Jornalista não se confunde – perde a pauta;
Jornalista não esquece de assinar – é anônimo;
Jornalista não se acha – ele já é reconhecido;
Jornalista não influencia – forma opinião;
Jornalista não conta história – reconstrói;
Jornalista não omite fatos – edita-os;
Jornalista não pensa em trabalho – vive o trabalho;
Jornalista não é esquecido- é eternizado pela crítica;
Jornalista não morre – coloca um ponto final.

MAIS UM DAR FAMILIA Élson Santos poderá ser o secretario de obras

0 comentários

terça-feira, 18 de janeiro de 2011Élson Santos poderá ser o secretario de obras
Ainda não confirmado já que em contato com vários membros do grupo de Ildemar uns confirmaram e outros alegaram desconhecer a informação que o atual gestor do SAAE Élson Batista, irmão do deputado Federal Hélio Batista, estaria ainda está semana assumindo a secretaria de obras do município.

Élson já foi presidente da câmara de Açailândia, secretario de varias pastas e ainda candidato a vice prefeito de Leonardo na sucessão de Ildemar, atualmente Élson é o diretor do SAAE órgão onde tem sofrido muito desgastes político por mal planejamento no momento da instalação do SAAE. Elson já trazia o desgaste que é inerente à secretaria de administração que ocupou, principalmente junto a fornecedores e servidores pelos vários anos sem reajustes reais dos salários.

Em se confirmando Élson na Obras fica claro que Ildemar já estaria escalando uma de suas opções para sucede-lo nas eleições de 2012, já que a secretaria de obras foi e será a melhor pasta da administração, principalmente agora que estará asfaltando todo o bairro de vila Ildemar e tropical, alem disto já tem recursos garantidos para muitas obras de infra-estrutura o que fará com que o gestor da pasta tenha muita visibilidade nestes 17 meses que falta para as convenções de 2012

Insensato Coração terá recorde de gays Nova novela das 21h terá seis homossexuais; isso deve ajudar no debate sobre o preconceito

0 comentários

A próxima novela das nove, Insensato Coração, que estreia nesta segunda (17), promete incendiar ainda mais os debates em relação ao preconceito contra homossexuais.

Tudo porque seis personagens gays, que estarão presentes no folhetim, prometem movimentar a trama de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, que substituirá Passione.

Insensato Coração fará merchandising anti-homofobia

Autor diz que trama não terá ritmo acelerado

Conheça os principais personagens

Em entrevista recente ao colunista do R7 Daniel Castro, Linhares afirmou que a intolerância, seja ela sexual ou de qualquer categoria, está presente no “dia a dia do espectador”.

- Vamos abordar um assunto contemporâneo e pertinente numa novela das nove, de forma crítica, combatendo o preconceito e promovendo a aceitação.

O folhetim é considerado recordista com personagens homossexuais.

Para o presidente da ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), Toni Reis, o aumento no número de personagens homossexuais em uma trama das 21h é positivo.

- Vou acompanhar de perto a novela de forma crítica. Creio que o assunto vai gerar muito debate na sociedade. Espero que estes personagens não sejam estereotipados, pois o que pode ajudar também pode atrapalhar.

Os gays de Insensato Coração terão até um "point", um quiosque na praia de Copacabana.

O lugar deve ser tornar um sucesso, quando sua dona, Sueli (Louise Cardoso), colocar a bandeira do arco-íris, símbolo da militância, para enfeitar o local. Ela tem um filho homossexual.

No quiosque, também terá mais um gay: o vendedor Xicão (Wendel Bendelack), para lá de assumido.

Mas quem promete mesmo agitar Insensato Coração é Roni, interpretado por Leonardo Miggiorin, grande amigo de Natalie Lamour, a ex-BBB vivida por Deborah Secco.

E ainda tem mais: um professor de Direito, Hugo (Marcos Damigo), e o advogado Nelson (Edson Fieschi ). Apesar de desmentida por um dos autores, a atriz Cristiana Oliveira já afirmou que viverá uma presidiária lésbica.

Beijo gay e homofobia

Apesar da quantidade destes personagens na nova trama, não vai ser desta vez que o beijo entre eles vai acontecer. Em entrevista recente, o autor Gilberto Braga afirmou que as “telespectadoras não estão preparadas”.

O presidente da ABGLT mostra decepção com esta afirmação.
Acho uma falta de coragem e ousadia. Já vi beijos na TV em vários países: Argentina, Chile, Estados Unidos. Beijar é uma demonstração de afeto e não uma afronta à sociedade. Afronta é corrupção, violência e acidentes. E isso se mostra de forma exagerada na TV... Mas acho que não vai demorar muito para o beijo gay acontecer em uma novela. Se o beijo não vai acontecer, o preconceito, sim, será mostrado.

No papel do jornalista Kleber, Cássio Gabus Mendes vai mostrar um comportamento homofóbico.

Ele terá a atitude contra seu editor, que é jovem e gay.

Apesar de preconceituoso, Kleber não será violento. Os autores prometem lidar de forma bem-humorada e leve com este assunto.

16 anos é preso por violentar o gato da família A mãe do garoto notou que o gato tinha uns machucados estranhos e o levou para o veterinário

0 comentários

Um garoto de 16 anos, de Dartmouth, Nova Scotia (Canadá) foi preso sob acusação de ter violentado o gato da família.
O garoto não pode ter seu nome revelado por questões legais. Ele foi preso no fim de semana e foi levado a depor diante de um tribunal de menores nesta quinta (21).
A mãe do garoto notou que o gato tinha uns machucados estranhos e o levou para o veterinário onde foi constatado que o animal havia sofrido violência sexual.
O garoto não é flor que se cheire. Em dezembro passado, ele foi sentenciado a seis meses de liberdade assistida por crime de agressão sexual. No dia 3 de maio, ele vai responder por dez acusações diferentes, que variam entre abuso sexual e exposição indecente do corpo.
O garoto está detido sob custódia no centro para menores infratores de Nova Scotia e deve ficar por lá, pelo menos até fevereiro, quando vai haver a audiência que determinará a fiança do seu caso

Vale a pena ler: Veja como os recursos são roubados nas prefeituras Por Luís Cardoso

1 comentários



Vale a pena ler: Veja como os recursos são roubados nas prefeituras

* Por Luís Cardoso

Em vez de procurar cumprir suas promessas eleitorais em benefício da população, os eleitos usam essas mesmas promessas para empregar amigos e parentes, para favorecer aqueles que colaboraram com suas campanhas ou para privilegiar alguns comerciantes “amigos” em detrimento de outros. Grande parte do orçamento do município é orientado em proveito do restrito grupo que assume o poder municipal e se beneficia dessa situação.

Uma estratégia utilizada habitualmente em desvios de recursos públicos se dá por meio de notas fiscais fictícias ou “frias”, que são aquelas nas quais os serviços declarados não são prestados ou os produtos discriminados não são entregues.

A burla pode ser feita com as chamadas empresas-fantasmas, ou seja, que inexistem física ou juridicamente. Para isso, foi criado um comércio fluente de venda de “notas frias” desse tipo de empresa. Há pessoas especializadas em negociá-las.

Mas a fraude também utiliza empresas legalmente constituídas e com funcionamento normal. Com o conluio dos administradores públicos cúmplices do “esquema”, tais empresas vendem ao município produtos e serviços superfaturados, ou recebem contra a apresentação de notas que discriminam serviços não executados e produtos não entregues.

Tais fornecedoras ou prestadoras de serviço agem mediante acordo pré-estabelecido com o prefeito e/ou seus assessores. As empresas emitem notas fiscais e a prefeitura segue todos os trâmites administrativos de uma compra normal. Quando necessário uma licitação, monta todo o procedimento de forma a dirigir o certame para uma empresa “amiga”, dificultando ou impedindo a participação de outras. Depois, dá recibo de entrada da mercadoria, empenha a despesa, emite o cheque e faz o pagamento. Posteriormente, o montante é dividido entre o fornecedor e os membros da administração comprometidos com o esquema de corrupção.

Em geral, os recursos obtidos dessa maneira chegam ao prefeito e aos que participam do esquema na forma de dinheiro vivo, a fim de não se deixarem vestígios da falcatrua. Os corruptos evitam que tais recursos transitem pelas suas contas bancárias, pois seriam facilmente rastreados por meio de uma eventual quebra de sigilo bancário.

As quadrilhas que se formam para dilapidar o patrimônio público têm se especializado e vêm sofisticando seus estratagemas. O modo de proceder varia: apoderam-se de pequenas quantias de forma continuada ou então, quando o esquema de corrupção está consolidado, de quantias significativas sem nenhuma parcimônia.

Uma forma de fraudar a prefeitura é por meio de notas superfaturadas. Para serviço que foi realmente prestado e teria um determinado custo, registra-se na nota fiscal um valor maior. Nas licitações, o processo de superfaturamento se dá com cotações de preços dos produtos em valores muito superiores aos de mercado. Nos dois casos, a diferença entre o preço real o valor superfaturado é dividida entre os fraudadores.

Notas preenchidas com uma quantidade de produtos muito superior àquela realmente entregue é outra maneira de fraudar a prefeitura. Nessa modalidade, os valores cobrados a mais e que constam da nota emitida são divididos entre os “sócios”. Diferentemente do superfaturamento de preços, que exige uma combinação entre fornecedores, o superfaturamento de quantidades só depende do conluio de um fornecedor com o pessoal da prefeitura que atesta o recebimento.

Esses tipos de fraude requerem, invariavelmente, a conivência de funcionários da prefeitura – o responsável pelo almoxarifado deve sempre dar quitação do serviço realizado ou da mercadoria entregue e a área contábil tem de empenhar a despesa e pagar as notas, emitindo o cheque correspondente. Quando se trata de serviços técnicos, como por exemplo os de eletricidade, construção civil e hidráulica, a execução deve ser certificada por funcionários capacitados, normalmente um engenheiro ou técnico. Assim, quando há irregularidade, todos são coniventes, mesmo que por omissão. É praticamente impossível para o prefeito fraudar a prefeitura sozinho.

Quando há necessidade de licitação, mesmo nas formas mais simples de tomada de preços e convite, a comissão de licitações da prefeitura é obrigada a habilitar as empresas. Segundo a lei n° 8.666/93, estas devem estar “devidamente cadastradas na prefeitura ou atenderem todas as condições exigidas para cadastramento”. Para se cadastrarem, há uma série de pré-requisitos que as empresas devem preencher e documentos que precisam apresentar. Dessa forma, no caso de empresas-fantasmas, é impossível que saiam vencedoras de uma licitação sem a participação ou conivência da comissão de licitações. E é muito fácil verificar se uma empresa existe ou não. Por isso, não há justificativa para que essas empresas-fantasmas sejam habilitadas a participar de concorrências.

Existem quadrilhas especializadas em fraudar prefeituras com a participação do poder público municipal. Esses grupos e seus especialistas são formados localmente, ou trazidos de fora, já com experiência em gestão fraudulenta. O objetivo é implantar ou administrar procedimentos ilícitos, montar concorrências viciadas e acobertar ilegalidades.

O método mais usual consiste em forjar a participação de três concorrentes, usando documentos falsos de empresas legalmente constituídas. Outra maneira é incluir na licitação, apenas formalmente, algumas empresas que apresentam preços superiores, combinados de antemão, para que uma delas saia vencedora.

As quadrilhas têm aperfeiçoado as suas formas de atuar. Por isso, é preciso que os controles por parte da sociedade também se aprimorem. O Tribunal de Contas do Estado tende a verificar somente os aspectos formais das despesas. O órgão fiscalizador não entra no mérito se a nota fiscal contabilizada é “fria” ou não, se a empresa é “fantasma” ou não, se o valor é compatível com o serviço ou não e se o procedimento licitatório foi montado e conduzido adequadamente ou não. O Tribunal só examina tais questões quando estimulado especificamente. Contudo, mesmo que os aspectos formais examinados sejam irrelevantes diante da grosseira falsificação de documentos verificada em muitas prefeituras do país, os Tribunais de Contas insistem em manter seus procedimentos.

Como, na maioria das vezes, os aspectos formais são observados cuidadosamente pelos fraudadores, o Tribunal, ao aprovar as contas do Município, acaba por passar atestado de idoneidade a um grande número de corruptos e exime publicamente de culpa quem desvia dinheiro público no país. Na forma como atua hoje, os Tribunais de Contas beneficiam indiretamente os corruptos.

Um sinal que pode indicar ato criminoso é o que acontece com o fornecimento de alimentos para a merenda das escolas em algumas regiões do país. Muitas vezes, os produtos que chegam não seguem nenhuma programação e muito menos qualquer lógica nutricional. Nem as merendeiras sabem, em alguns casos, o que será servido aos alunos. A escolha dos produtos que serão entregues às escolas é, na realidade, feita pelos fornecedores, e não pelos funcionários

juscelino Oliveira é recebido no gabinete do Ministério das Minas e Energia em Brasília Juscelino Vereador nota 10

0 comentários

juscelino Oliveira é recebido no gabinete do Ministério das Minas e Energia em Brasília

Açailândia – O Ministério das Minas e Energia é uma das pastas mais importantes do governo Dilma Roussef (PT) e é comandado pelo senador pelo Maranhão, Edson Lobão (PMDB). Lobão que também foi ministro do governo Lula teve seu trabalho reconhecido e retornou ao cargo, abrindo um leque de expectativas para população maranhense com relação à transferência de recursos para o Estado com a divisão do Pré-Sal, instalação de Refinarias de Petróleo e exploração de gás.

Foi com essas expectativas que o vereador Juscelino Oliveira (PP) viajou para capital federal e com grande habilidade foi recebido ontem (11) no gabinete do ministro Edson Lobão (foto).

Juscelino retorna hoje (12) para Açailândia trazendo novidades para população, como a promessa do ministro de ampliação do Programa Luz para Todos para a toda a Zona Rural do município e toda a região. O vereador do PP ainda discutiu com o ministro Lobão sobre a participação dos municípios maranhenses, com ênfase para Açailândia, uma cidade com fortes tendências para Indústria, sobre a divisão de recursos do Pré-Sal.

“Porque também não verticalizar para Açailândia os investimentos que estão sendo aplicados na cidade de Bacabeiras? Lá está sendo instalada, com empenho do senador Lobão, uma das maiores refinarias de Petróleo do país”. Além de que, Açailândia já possui o maior Pólo Siderúrgico do Estado, como também possui um Pool de Petróleo da Petrobrás importantíssimo para nossa região, portanto, uma cidade extremante industrial e com tendências fortes para investimentos do Ministério das Minas e Energia. “O que precisa para Açailândia é de uma ampliação desses investimentos, e foi isso que fui buscar junto ao ministro Lobão”, destacou Juscelino.

O Parlamentar do Partido Progressista foi responsável pela maior votação já conquistada pela deputada federal Nice Lobão (DEM) em Açailândia, bem como, se empenhou bastante na reeleição do senador Edson Lobão, que tem como suplentes, Edinho Lobão, que agora vira senador, e Pastor Bel (sobrinho de Juscelino), agora na condição de primeiro suplente, com grandes chances de assumir o mandato – no meio político há fortes comentários que existe um acordo para que “Bel” assuma o senado federal para já ir se acostumando com a política do grupo.

Açailândia está um verdeiro lixo é tanto lixo quer nao acaba mais descaso e revolta é o sentimento dos moradores

0 comentários





O filme “Cidade de Deus” fez um enorme sucesso, se o cinema Brasileiro descobrisse Açailândia nós seriamos sucesso internacional, poderíamos criar um filme com o título “Cidade do Lixo” ou “A terra dos Gonçalves” parodiando o sitio Neverland do astro pop Michael Jackson (In Memória). O certo é que muitos outros títulos poderíamos ser criados e muitas histórias poderiam ser contadas se um filme fosse ser feito sobre Açailândia, sagas que iriam de censuras há terror, ou até mesmo poderia ser escrita a história de uma família que conseguiu riquezas e prosperidade mais rápido até o que o Bil Gates e o criador do Google. Em fim, somos uma cidade de cinema, por que só aqui mesmo para vermos tantas desgraças e ninguém se mover para concertar os erros, mais da mesma forma, esperamos que, como uma novela, tudo seja muito em breve, desmascarado e que o bem vença o mau, ou seja, esperamos que Chapeuzinho Vermelho (Ministério público) consiga derrotar o Lobo Mau (Ildemar e sua corja), assim como naquele desenho 3D em que a Chapeuzinho detona o Lobo.
Andando pelas ruas nesta quarta feira fiquei chocado com a situação de nossas ruas.


Havia tanto lixo que está difícil de passar pelas calçadas, uma situação revoltante, varias pessoas ligaram em programas de rádio para denunciar, a única que acatou as denuncias foi a Clube FM que já se libertou da escravidão da prefeitura.


A secretaria de infra-estrutura ainda não se pronunciou sobre o assunto, a única informação que se tem é a de que a prefeitura teria dispensado todos os serviços públicos com exceção dos essenciais, mais na prática não é isso que se vê, a saúde está um lixo e o lixo está em todas as ruas, com isso as pessoas estão expostas há uma enfermidade causada por ratos e outros bichos atraídos pelo lixo nas ruas, uma situação que demonstra a decadência administrativa de Açailândia.



Além do lixo, esgotos ameaçam a saude do povo

Já havíamos anunciados que a cidade estava vivendo um caos administrativo, e a coisa só tem piorado nos últimos dias, para terminar de completar a desgraça administrativa, vários funcionários da secretaria de infra-estrutura estão denunciando que os salários dos que ficaram estão atrasados, e, tem pouca gente para dar conta do serviço na cidade toda, pior ainda é o fato da prefeitura ter terceirizado também o serviço de limpeza pública, e, tendo em vista que tudo está de férias, acho que as doenças vieram fazer uma boquinha na cidade, por que nunca se viu tantas pessoas enfermas e sem a menor atenção da saúde pública que está morta e enterrada em algum lugar desconhecido.


Para não ficarmos só no bla, bla, bla, veja abaixo algumas fotos que mostra a situação em que está a cidade de Açailândia, lixo por todo lugar, um caos completo.


Nem a frente da delegacia escapou, tem um verdadeiro lixão



As fachadas das lojas fazem contraste com o lixo!

E agora quem poderá no ajudar?
APS: As fotos são somente de ruas do centro da cidade, não tive coragem de ir nos bairros!

Definitivamente no ar, Rede Super, TV 100% Evangélica já está em fase final de acertos de sua transmissão

0 comentários


Já está na fase final os acertos técnicos para que a mais nova TV de Açailândia esteja 100% no ar levando uma vasta programação aos açailandenses.


A TV é do grupo Diante do Trono de Belo Horizonte e é composta inteiramente de uma programação evangélica, priorizando os ensinos da palavra de Deus e enfatizando os valores familiares.


A emissora se chama TV Esperança, Filiada a rede Super de Televisão, a nova TV vem de encontro aos anseios de quase 40% dos açailandenses que é composta por evangélicos e sempre desejaram uma programação voltada para a classe.


Em Açailândia a TV Esperança pode ser sintonizada no Canal 17.


A emissora faz parte de um sonho, sonhado pelo apóstolo Antonio Pereira, Líder do Ministério Esperança que também conta uma rádio, site e um jornal impresso.


O estúdio da emissora fica no prédio da Igreja na Rua Bom Jesus, esquina com Castelo Branco no Centro de Açailândia.


A direção ainda não divulgou, mais a programação local deverá ser de programas voltados para a família, com informações sociais e jornalismo, a equipe está sendo montada e segundo o Apóstolo a emissora prestará um serviço de informação e formação dentro das bases cristãs em nossa sociedade.

Fred chora ao descobrir que o pai era um golpista Gerson é quem dá a notícia ao vilão, e os dois se enfrentam

0 comentários


Reta Final: Fred chora ao descobrir que o pai era um golpista Gerson é quem dá a notícia ao vilão, e os dois se enfrentam


Fred chora ao saber que o pai mentiu (Foto: passione / TV Globo)Candê (Vera Holtz) sempre disse que Lobato, pai de Fred (Reynaldo Gianecchini), gostava de mentir. Ela só não esperava que fosse encontrar em sua casa documentos comprovando que ele nunca foi vítima, mas se automutilou para conseguir a indenização da metalúrgica.


Candê pede ajuda a Gerson
A mentira cai como uma bomba para Candê e ela não sabe como contar a Fred. Gerson (Marcello Antony), então, se prontifica. Quando ele dá a notícia ao vilão, a decepção é inevitável.

O piloto não perde a oportunidade e diz que Fred é um golpista, exatamente como seu pai, e os dois se enfrentam.

Revoltado, Fred vai tirar satisfações com Candê. O vilão chora, arrasado, mas garante que não vai deixar a família Gouveia debochar do seu sofrimento. E sai com os documentos em mãos.


Gerson e Fred se enfrentam
O que Fred pretende fazer com os documentos que comprovam que seu pai era um golpista? Fique ligado nos últimos capítulos de Passione e descubra!

Análise do Língua Grande: Wilton Lima volta ao Rádio

0 comentários

Análise do Língua Grande: Wilton Lima volta ao Rádio...

ANSIEDADE E PREOCUPAÇÃO

Estávamos ansiosos e preocupados para a estréia do programa do comunicador Wilton Lima, ele que é locutor, repórter e blogueiro da cidade. Pois bem, estreou e dissipou todas as dúvidas que pairavam sobre nossas cabeças quanto à nova linha editorial do seu programa que é o carro chefe da emissora. Foi um sucesso total! Wilton Lima deu um show de profissionalismo e mostrou que veio para fazer um jornalismo imparcial, mostrando ao povo que vai botar a boca no trombone e denunciar todos aqueles que se apropriam indebitamente do dinheiro público. Parabéns Wilto Lima!

PROBLEMAS TÉCNICOS

O programa teve alguns problemas técnicos, porém, superou substancialmente em qualidade o programa que era apresentado pelo comunicador Nilton César. Queremos ver o Marcone Soares se soltar nesse novo estilo de programação da rádio 98, pois vai fazer uma bela dupla com Wilton Lima.

MELÔ DA PANELINHA

A música tema do programa, Melô da Panelinha, foi um sucesso! Algumas pessoas já tinham ouvido a musica aqui no Blog (click aqui) e baixaram a mesma na internet. Espantamos-nos quando Wilton Lima iniciou o programa com ela. Vai cair na boca do povo, pois já ouvimos esta mesma música no carro de som volante da loja Nicolas Confecção. Quem se deu bem foi a vivo, faturou bastante, pois todos os línguas começaram a ligar para as pessoas conhecidas para que elas ligassem no programa para ouvirem o Melô da Grande Família, a Panelinha (veja youtube aqui).

MUITA CALMA NESSA HORA

“Muita calma nessa hora!” Foi esta a preocupação do locutor Wilton Lima nas tímidas participações dos seus ouvintes no programa de hoje. Wilton é um jovem experiente, já viu de tudo na comunicação, por isso sabe da importância desse programa para a sociedade açailandense. Dessa forma está tentando adestrar seus ouvintes para comentar “sem dar nomes aos santos”, ou seja, devemos falar apenas o milagre e esquecer o santo!

PARTICIPAÇÕES TÍMIDAS

Os ouvintes participaram timidamente, alguns foram até surpreendido, pois não sabiam que Wilton Lima estaria de volta. Apesar da timidez da participação dos ouvintes, ouvimos destes denúncias gravíssimas. Em todas as participações ouvimos felicitações ao nobre locutor, ou seja, o povo de Açailândia renovou as esperanças novamente. Temos um canal para bradarmos as injustiças sociais que estamos enfrentando nesta cidade.

DENÚNCIAS GRAVÍSSIMAS I

Apesar das participações tímidas, o povo começou a falar, por exemplo, o presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde Comunitária, o senhor Airam, denunciou que o prefeito Municipal reteve a parcela de benefícios que foi designado pelo Ministério da Saúde aos agentes de saúde comunitário de Açailândia, que eles chamam de 13º salário. O dinheiro veio e o prefeito não pagou ninguém. Cadê o dinheiro prefeito? Será que a Arara zul e amarela comeu!

DENÚNCIAS GRAVÍSSIMAS II

Outra denúncia gravíssima foi de um vigilante que disse está há mais de 45 dias sem receber um tostão. Ele disse que tem reclamado e ninguém tem dito nada a não ser “a culpa não é mais nossa”. “Wilton Lima já estou passando necessidade e não recebo meus salários” disse o ouvinte. O curioso é que o prefeito anda dizendo em seus órgãos de comunicação que sempre primou pelo pagamento dos servidores em dias. Será mesmo prefeito? Tenho minhas dúvidas. Se fosse o Nilton César ele ia dizer que o ouvinte estava mentindo, pois o prefeito tem pago sempre em dias. Wilton Lima disse logo “procure a Delegacia Regional do Trabalho e faça a denúncia”.

DENÚNCIAS GRAVÍSSIMAS III

Teve um ouvinte que ligou e denunciou que uma terceirizada da prefeitura, a empresa Shalon, está ludibriando os funcionários. Dizem as más línguas que esta empresa, junto com as demais que prestam serviços para a prefeitura de Açailândia, são de propriedade do prefeito Ildema-la, sendo que as mesmas estão sendo geridas por testas de ferro. A empresa Shalon, que faz parte do grupo, está oferecendo aos funcionários demitidos rescisão abaixo do valor devido por esta, com a promessa de readmitir as pessoas posteriormente. Atitude covarde de quem administra esta empresa, pois dessa forma, humilha nossa gente que vira refém da necessidade. Tem que ir para cadeia esses bandidos. Esperamos que as autoridades competente façam alguma coisa.

EMANCIPAÇÃO DO PEQUIÁ

Por conta da má administração do Prefeito Municipal, os cidadãos do pequiá já começa a criar um sentimento de emancipação. Teve uma ouvinte que ligou e disse que nem posto de saúde tem mais naquele povoado. Quando foi falado se já tinha procurado o vereador Canela, a mulher ficou irritado e disse que o Canela e outros vereadores nunca fizeram nada pelo Pequiá. A senhora disse que o Pequiá é cérebro de Açailândia e que o prefeito deveria olhar um pouquinho mais para aquele lugar.

JUSCELINO OLIVEIRA

Para finalizar teve uma senhora do Pequiá que ligou e fez um comentário sobre o vereador Juscelino Oliveira, que mesmo no período de férias da Câmara Municipal de Vereadores, viajou para São Luís e Brasília em busca de recursos para o nosso município. É digna de elogio a atitude do vereador Juscelino, pois enquanto os vereadores estão todos de férias coçando o saco e a prefeitura municipal de Açailândia está fechada para balanço, o nobre edil se encontra em Brasília atrás dos políticos que ele ajudou a eleger nesta eleição, em busca de alternativa para nosso município. Espero que Lobão pai, Lobão filho e Lobão mãe ouça o vereador Juscelino.

Juscelino Oliveira vai a Brasília e São Luis em busca de recursos para Açailândia

0 comentários

Juscelino Oliveira vai a Brasília e São Luis em busca de recursos para Açailândia

Açailândia – O vereador do Partido Progressista (11) faz mesmo a diferença em matéria de legislar no município de Açailândia. Enquanto os demais colegas curtem um longo recesso (férias), ele [Juscelino] aproveita o período para correr em busca de recursos para a população que lhe outorgou o mandato de vereador pelo período de 04 anos.

Mesmo na condição de único parlamentar de oposição aos desmandos praticados pelo executivo municipal, Juscelino deixa de lado todas as diferenças e aproveita o belíssimo momento em que exerce uma grande influência em alguns Ministérios do governo Dilma Roussef para ajudar o prefeito de Açailândia a oferecer uma melhor qualidade de vida para a comunidade.

São Luis

Na semana passada Juscelino Oliveira esteve em São Luis, aonde manteve contatos e participou da solenidade de posse dos principais secretários do governo Roseana, inclusive manteve uma longa conversa com o Chefe da Casa Civil, Dr. Luis Fernando, hoje, o cargo mais importante da máquina administrativa estadual – Luis Fernando, no novo governo, é responsável pelo PAC2 - Programa de Aceleração do Crescimento do governo federal, além de coordenar as 20 Gerências Regionais instaladas em pontos estratégicos do Estado.

Brasília

Juscelino aproveitou o convite feito pelo Senador Edson Lobão (PMDB) para solenidade de retorno ao Ministério das Minas e Energia, para reforçar o compromisso firmado em campanha no ano passado – o parlamentar de Açailândia seguiu para capital federal na tarde de ontem (10).

Em Açailândia Juscelino apoiou o Senador Lobão, que tem como suplentes o filho Edinho Lobão e o Pastor Bel (sobrinho de Juscelino), além de declarar apoio incondicional à reeleição da deputada federal Nice Lobão.

Além de visitar o Ministério das Minas e Energia, o parlamentar de Açailândia ainda deverá passar o “Pires” em vários outros setores como o Ministério das Cidades, comandado pelo Ministro Márcio Fortes, também do PP.

Juscelino Oliveira é um exemplo a ser seguido pelos demais, nobres, parlamentares que foram eleitos pelo povo e deveriam exercer o mandato em defesa, único e exclusivo, do povo.

Dr Vagner Oliveira e Dra GLAU CALDEIRA SI Casa em grande estilo .

0 comentários





Dr Vagner Gomes de Oliveira e Dra Glau Caldeira si casa onde reuniu a alta sociedade da Cidade onde veio varios Parentes de fora como tios tias e primos uma grande festa onde não faltou nada

VEJAS AS FOTOS

Mistério: Diogo tem encontro secreto com Laura em Passione A jornalista confessa ter medo de ser presa a qualquer hora

0 comentários

Na reta final de Passione, da Globo, o autor Silvio de Abreu começa a mostrar as verdadeiras ligações entre os personagens de sua trama. Uma delas, bastante inesperada, é a intimidade entre Laura (Adriana Prado) e Diogo (Daniel Boaventura), que até então o público nem imaginava existir.

A jornalista irá receber a visita do suposto comparsa de Clara (Mariana Ximenes) em seu apartamento e confessar que sente muito medo de ser presa. Para tranquilizá-la, o cantor a abraça e pede que tenha calma, afirmando que tudo dará certo como o planejado.

A cena em que a ligação entre Laura e Diogo vai ao ar a partir de sexta-feira (7).